Clube da Madeira Nobre

Fábrica de Mudas utiliza alta tecnologia para produção em larga escala

Fábrica de Mudas utiliza alta tecnologia para produção em larga escala
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

A Biofábrica de Mudas Clones da Amazônia, inaugurada em dezembro de 2012, está em pleno funcionamento desde março deste ano. Após o período de capacitação da equipe técnica e montagem final do laboratório, a fábrica está operando com a capacidade de produzir de 500 mil mudas de abacaxi e banana. O objetivo é fornecer mudas com alta qualidade genética e fitossanitária por meio da tecnologia de micropropagação de mudas (cultivo in vitro).

A construção da Biofábrica, financiada com recursos do Fundo Amazônia, faz parte do projeto Florestas Plantadas, do governo do Estado, que busca alternativas sustentáveis para o reaproveitamento de áreas degradadas e desmatadas no Acre.

A produção de mudas da Biofábrica visa atender, nessa primeira etapa, 1.300 pequenos produtores familiares beneficiários do Projeto de Certificação de Propriedades, além da demanda gerada pelo Projeto de Florestas Plantadas, cuja meta é implantar 60 mil hectares de florestas plantadas em áreas alteradas ou degradadas nos próximos cinco anos.

“No plantio convencional, consegue-se no máximo 30 mudas. Na fábrica, a gente chega até 300”, diz a gerente Simone Maciel.

Os estudos para seleção das espécies foram realizados e recomendados pela Embrapa. A principal característica para que a espécie seja selecionada é que seja resistentes a pragas, doenças e que tenha alta produtividade.

“As primeiras espécies que serão empregadas aqui na Biofábrica são três variedades de banana e três variedades de abacaxi. São duas espécies bastante utilizadas em biofábricas e que já têm protocolo estabelecido para serem usadas em laboratório. Ainda vamos desenvolver pesquisa para trabalhar com espécies florestais, como teca e paricá, além de outras”, explica Simone Maciel, gerente técnica da Biofábrica.

Produção em larga escala

Entre as diversas vantagens da micropropagação vegetal, merece destaque a produção rápida de materiais propagativos, livres de doenças e pragas, com elevada qualidade genética e em tempo reduzido. A cultura de tecidos é uma ferramenta que oferece soluções originais para o programa de melhoramento vegetal, solução que pode resultar na otimização do tempo e na qualidade das mudas.

Simone ainda detalha os benefícios da utilização da técnica para a produção: “A técnica de micropropagação possibilita multiplicar um pequeno pedaço de planta em um curto tempo e um pequeno espaço que você usaria no campo. Por exemplo, a banana: no campo, com o método de plantio convencional, você consegue só 12, no máximo 30 mudas. No laboratório, pegando a mesma muda, a gente chega a 300 mudas no final”.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Fábrica de Mudas utiliza alta tecnologia para produção em larga escala

Enviando Comentário Fechar :/